8 de agosto de 2017

Um Adeus


A despedida foi dura,
o coração mal batia,
no silêncio do meu choro,
uma agonia se ouvia.
No adeus que bateu a porta,
as lágrimas que não derramei,
viraram saudade de outrora,
que o vento tratou de levar.
Existe beleza na morte,
se não desesperar-se?
Perguntas de um adeus,
num corpo destroçado,
pela frase que no peito perdeu.
A dor vagou noite a fora,
por horas a fio lamentou,
e no vazio da lucidez,
esvaiu-se pela última vez.

                    Diego Ferreira

Um comentário:

Rúben Teixeira disse disse...

http://portugalaracistcountry.blogspot.com/
-------------------------------------------------------
Rúben Teixeira disse....
================================================================================
Eu vou comer no "sopas dos Pobres" tudos os dias! Putugal é um país pobre, mais eu gosto de ser racista para o Brasil, Angola, Cabo Verde e Espanhóis ... ignorância faz parte da minha cultura portuguêsa!!!

PUTUGAL e uma merda e verdade e verdade! Nao trabalhos pa os Velhos e os Jovems...e verdade e verdade! E racismo puro e muito desgraciado!
https://portugalisxenophobic.neocities.org/

ORGULHO e IGNORANCA DO PUTUGAL e NOSSO PATRIMONIO!!!!!!!!!!!!!
===============================================================================================================