18 de abril de 2017

D'Alma


Um buquê de rosas, rosas negras!
Pelo dissabor de não amar,
por não regozijar do meu querer.
Mas não me entenda mal
tenho ávidos sentimentos por você
e mesmo descontrolados,
Mantém-se imaculados no meu peito.
A ingratidão deixa cicatrizes
pra que jamais seja esquecida
e ainda que curta seja a vida
ficam esculpidas na alma.
Luiggi Gabriel

22 de dezembro de 2016

Desprezo


O que te traz de volta, solidão?
Sabes que não é bem-vinda.
Sabes que não lhe tenho apreço,
ou qualquer tipo de gratidão!
Espero que não demore a partir,
a casa esta cheia e bagunçada,
não tenho espaço para ti.
Lamento não te querer aqui,
sei que queres ajudar, agradeço!
Mas não é uma boa hora!
Não quero brigar contigo
só te peço que vá embora,
leva todo esse desalento
e me destitui deste castigo.

                    Diego Ferreira

Tesão


Não é só por prazer que lhe abro as pernas.
É pelo sabor do teu corpo que queima na ponta da minha língua.
E se te chamam cor do pecado, seja o meu.
Aquele o qual vou saborear bem devagar, em cada curva do corpo seu.
E se tu gozas, e teu corpo treme.
Te beijo a boca e logo gemes.
Chama meu nome enquanto meto forte
 me morde até rasgar o peito.
E nessa fonte de deleite que é o teu corpo nu, 
vou exalando desejo, derramando tesão!

                          
                                         Diego Ferreira